• Paiva Piovesan

7 erros que você pode estar cometendo na sua gestão financeira

Atualizado: 2 de Jun de 2021


Conheça alguns erros que você pode estar cometendo no seu negócio, seja MEI ou pequena empresa.


1o. Erro: Confusão - Confundir gastos pessoais com os gastos do negócio.


A regra de ouro para novos empreendedores é separar as finanças pessoais das finanças da empresa, ou seja, os gastos e controles do empreendimento não podem se confundir com as movimentações financeiras da pessoa física. Mesmo que o negócio ainda seja informal, é importante que o gestor saiba exatamente o que a nova atividade gera de gastos e de receitas.


Para facilitar o controle separado, é possível abrir uma conta corrente apenas para as movimentações do negócio ou separar as transações financeiras por centros de custos.


2o. Erro: Ausência de planejamento.


Ao planejar, traça-se os objetivos do negócio e as previsões de receitas e gastos necessários para conquistar tais resultados. Assim, é possível ter uma visão global dos cenários e a tomada de decisões mais assertivas.


Quando não planejamos, caminhamos no escuro, sem direção; desconhecemos quais os recursos serão necessários para o desenvolvimento do negócio.



3o. Erro: Ausência de controle


Assim como o planejamento, o controle é fundamental para o bom andamento das atividades.


Controlar é acompanhar, documentar os custos, volume de compras e vendas, estoques, disponibilidade, situação financeira, impostos relacionados.


Os bolos e tortas da Mônica são sucesso absoluto, mas ela não sabe se está cobrando o valor correto e justo, desconhece quanto gasta e quanto tem de margem em cada torta.


Parece redundância, mas quem não controla, “perde o controle”.


4o. Erro: Descompasso entre Pagamentos e Recebimentos


É comum ocorrer o desembolso antes dos recebimentos de vendas, mas um gestor iniciante, sem capital de giro, deve minimizar este ciclo financeiro. O ideal é estabelecer prazos para recebimentos de vendas considerando os compromissos financeiros.