top of page
Banner-Blog-Business.png
  • Foto do escritorRodrigo Paiva

A fome no Brasil




Na [2a.INVEST] de hoje, abordamos a insegurança alimentar que afeta a produtividade e saúde da força de trabalho, eleva custos públicos, e pode causar instabilidade social e política, todos fatores que influenciam o ambiente econômico e de investimentos.


Investir em soluções que combatam a fome está alinhado com as práticas de responsabilidade social corporativa e investimentos sustentáveis (ESG), oferecendo oportunidades de retornos financeiros e impacto positivo.


Discutir esse tema é crucial, pois, apesar de esforços contínuos, a fome ainda persiste. Em 2023, 8,7 milhões de brasileiros enfrentam a fome (insegurança alimentar grave, conforme a classificação do IBGE), o que destaca a necessidade urgente de construir uma sociedade mais justa e sustentável.


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) classifica a insegurança alimentar em quatro níveis, conforme a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF). Esses níveis são baseados na Escala Brasileira de Insegurança Alimentar (EBIA). A seguir, descrevemos cada um destes níveis:


Segurança Alimentar


  • Definição: As famílias têm acesso garantido a alimentos de qualidade e em quantidade suficiente para todos os seus membros, de forma estável.

  • Características: Não há preocupação com a possibilidade de falta de alimentos no presente ou no futuro.


Insegurança Alimentar Leve


  • Definição: Existe uma preocupação com a possibilidade de falta de alimentos no futuro ou uma limitação na variedade de alimentos consumidos.

  • Características: A qualidade da alimentação pode estar comprometida, mas a quantidade de alimentos ainda é suficiente para todos os membros da família.


Insegurança Alimentar Moderada


  • Definição: A quantidade de alimentos consumidos é insuficiente para todos os membros da família.

  • Características: Alguns membros da família experimentam redução na quantidade de alimentos, podendo afetar principalmente adultos para preservar a alimentação das crianças.

Insegurança Alimentar Grave


  • Definição: Há a ruptura nos padrões de alimentação resultante da falta de alimentos entre os membros da família.

  • Características: Membros da família, incluindo crianças, passam fome por não ter acesso a alimentos suficientes.


A seguir apresentamos os resultados, em planilha e gráfico, das pesquisas do IBGE realizadas em 2009, 2013, 2017/18 e 2023, sendo que a última, teve os seus resultados divulgados em abril de 2024.


A fome no Brasil
Segurança alimentar no Brasil
Mandatos presidentes brasileiros

Observamos uma melhora marginal nos dados, sendo que no indicador mais grave, passamos de 5% em 2009 para 4,1% dos lares com insegurança grave, lembrando que tivemos governos variados que não foram capazes de resolver o problema da fome no Brasil.


Detalhando os dados de 2023, temos:


Segurança alimentar no Brasil

Ou seja, em pleno 2023, temos 8,7 milhões de brasileiros que ainda passam fome (em 2017/18 eram 10,3 milhões), e outros 11,9 milhões com alimentação insuficiente.


A insegurança alimentar é um desafio complexo que requer esforços coordenados em várias frentes. No Brasil as políticas públicas não tem sido eficazes o suficiente apesar da inovação agrícola ter feito do país um dos maiores exportadores de alimento do mundo.


A educação da população e a geração de emprego são formas de resolver o problema que vem sendo mitigado com assistencialismo pelos governos e garantir que todas as pessoas tenham acesso a alimentos suficientes e nutritivos. Destacamos aqui a proposta do Emprego Social, feita por Rodrigo Paiva.



65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page