Propaganda-fluxo-de-caixa.png
  • Rodrigo Paiva

Você conhece a rentabilidade dos seus investimentos?

Atualizado: 21 de out. de 2021



Hoje a [2a.INVEST] fala sobre a rentabilidade dos seus investimentos! Você sabe a diferença da rentabilidade bruta, líquida e real?


Muitos dos investimentos disponíveis adotam parâmetros como o CDI, o IPCA ou a Selic para indicar um parâmetro de rentabilidade.


Os investimentos em renda fixa, tais como CDB, LCI/LCA, CRI/CRA, e Tesouro Direto normalmente tem taxas de rentabilidade indicadas das seguintes formas:

  • Percentual do CDI, Ex.: 100% do CDI;

  • Inflação + taxa anual, Ex.: IPCA + 4,9% a.a. e

  • Pré-fixado: 10,00% a.a.

Normalmente quanto maior o tempo em que o dinheiro fica investido, maior a rentabilidade. Veja abaixo, opções de CDB no Banco Inter e a sua rentabilidade:



A liquidez de um investimento é inversamente proporcional a sua rentabilidade. Se eu quero ganhar mais, tenho que investir por mais tempo. Esta é uma das regras do mercado.


A Poupança, atualmente, tem a seguinte regra de rentabilidade:

  • Se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será de 0,5% ao mês mais a variação da TR;

  • Se a Selic estiver igual a ou abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será equivalente a 70% da Selic mais a variação da TR.

Já os investimentos em fundos tem a sua rentabilidade calculada através da variação das cotas. Quando se aplica um recurso em um fundo o valor aplicado é convertido em número de cotas que passam a variar diariamente.


Os investimentos em ações, BDR, ETF e Fundos Imobiliários (FII) tem a sua rentabilidade calculada através da variação da cotação destes ativos na Bolsa.


Rentabilidade real do investimento


Para que tenhamos um investimento saudável é necessário que a sua rentabilidade seja maior que a inflação, que pode ser medida pelo índice oficial (IPCA) ou por outros indicadores da inflação como o IGP-M.


Ao investir estamos guardando nossos recursos para que ele tenha um poder de compra maior no futuro, portanto o investimento somente será saudável se for capaz de vencer a inflação.


Portanto a rentabilidade real de um investimento deve descontar o índice de inflação que você adotou como parâmetro.


Avaliando a rentabilidade de um fundo


Vamos a um exemplo de cálculo de rentabilidade em um fundo de investimento. Neste exemplo escolhemos o fundo Trigono Delphos Income FIC FIA, um fundo de investimento em ações, ou seja renda variável, que envolve riscos.


Abaixo temos o quadro e gráfico de rentabilidade mensal deste fundo em 2021:


A rentabilidade acumulada no ano para este fundo foi de impressionantes 58,34%! Nada mal para um IPCA acumulado de 6,90% em 2021 e mesmo de um IGP-M acumulado de 16,01%.


Você deve imaginar que a sua rentabilidade é idêntica a reportada pelos prospectos do fundo, mas na realidade esta rentabilidade pode estar longe da sua rentabilidade, isto porque as cotas variam dia a dia. A rentabilidade apontada pelos fundos compara o valor da cota do último dia do mês com o valor da cota do último dia do mês anterior.



No exemplo da figura acima simulamos dois investimentos neste fundo um em 02/08/2021 no valor de R$ 1.000,00 e outro em 10/08/2021 no valor de R$ 20.000,00. Estes investimentos estão marcados com um ponto no gráfico.


Na verdade o nosso rendimento com estes investimentos em agosto/2021 foi de:




Observe que uma rentabilidade bastante diversa dos 3,58% obtidos por quem investiu no último dia de julho e manteve o recurso até 31/08/21! Neste caso a rentabilidade não foi capaz de vencer nem a inflação medida pelo IPCA e também pelo IGP-M, ou seja nossa rentabilidade real é negativa.


E em setembro/2021, temos:



Aqui temos uma situação comum em investimentos de risco, tais como fundos de ações, uma rentabilidade negativa e uma situação não tão comum com uma deflação do IGP-M no mês de setembro/21.


Rentabilidade de Investimentos em ações


O cálculo da rentabilidade de investimentos em ações é ainda mais complexo, pois cada compra e venda é única e em valores diversos que podem variar, e muito, em um único dia. Portanto a rentabilidade deste tipo de investimento é ainda mais único!


Lembramos ainda que normalmente conhecemos a rentabilidade bruta que também é diversa da líquida, livre de impostos! A rentabilidade real de um investimento é portanto a rentabilidade líquida (livre de impostos) menos a inflação.


Uma ferramenta para descobrir a sua rentabilidade


Portanto fique atento a rentabilidade única de seus investimentos!


A Paiva Piovesan lança nesta semana o "Magic Button" uma ferramenta capaz de informar a sua rentabilidade, como num toque de mágica.


Esta ferramenta vai fazer parte do sistema de gestão financeira NEXT Finance, não perca o lançamento em 25/10/21!







19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo