top of page
Propaganda-fluxo-de-caixa.png
  • Foto do escritorRodrigo Paiva

Vai pagar como: cartão de débito ou crédito?

Atualizado: 15 de fev.



Todos os dias alguém nos faz este questionamento sobre a forma de pagamento que desejamos utilizar em nossas compras rotineiras. Hoje na [2a.INVEST] vamos falar sobre um tema relevante que é o crédito e como você pode utiliza-lo para o bem e para o mal.


Antes de prosseguir vamos fazer um teste para saber como você tem utilizado estes meios de pagamentos.


Clique aqui para fazer um Quiz rápido, com apenas 5 perguntas.


Como foi o seu desempenho?


Podemos observar que ambos os cartões (débito e crédito) são práticos e seguros, quando comparados com outros meios de pagamento como o dinheiro em espécie ou cheques (em extinção).


Ser educado financeiramente significa, entre outras coisas, conhecer os meios de pagamento à sua disposição e utilizá-los de forma responsável, vendo-os como aliados no controle das suas finanças. Portanto, a dica que fica é: use o seu cartão de crédito como aliado em seu planejamento financeiro.


As vantagens do cartão de crédito vão muito além da praticidade e segurança:

  • concentrar todas as despesas em uma única data;

  • com uma estratégia eficiente você pode ter sempre 30 dias para quitar suas compras, saiba mais aqui;

  • parcelar as compras;

  • ter "cashback" de até 1.5% do valor das suas compras (Cartão Mastercard Black);

  • fatura com o detalhamento das despesas;

  • realizar compras no exterior;

  • pontuar em programas de fidelidade.


Todas estas vantagens podem não valer nada se você não conseguir pagar a sua fatura de forma integral na data do seu vencimento, isto porque os juros cobrados pelas operadoras de cartão de crédito são os mais altos do mercado. Ou seja, no cartão de crédito você corre o risco de pagar muito caro se atrasar ou não tiver recursos para quitar a sua fatura!


Apenas para que você possa ter uma ideia, dos grandes bancos, a Caixa tem as menores taxas: 11,49% a.m. ou 268,74% a.a. (Dados de 23/01 a 27/01/2023) Confira todas as taxas aqui.


Como fica o lojista, que recebe em cartão?


Na visão de quem recebe a preferência vai ser sempre pelo cartão de débito, pois o lojista recebe o recurso de dois a três dias depois da operação e paga uma taxa menor à operadora do cartão. Já nas vendas a crédito o recebimento dos recursos pelos lojistas acontece 30 dias depois e a operadora cobra uma taxa ainda maior.


Para que você entenda os custos do lojista com a venda em cartão, segue abaixo um exemplo de taxas (InfinitePay em 02/23):

  • Taxa cobrada para vendas no débito: 1,38%

  • Taxa cobrada para vendas no crédito à vista: 3,16%

  • Taxa cobrada para vendas no crédito, parcelado em 12X: 12,41%

Ou seja em uma venda de R$ 100,00 no cartão de crédito à vista, o lojista recebe R$ 96,84, 30 dias depois de realizada a venda. Se a venda for dividida em 12 vezes, vai receber R$ 7,29 em 12 vezes, ou seja R$ 87,59 no total. Este é um custo elevado para o lojista e com certeza vai estar embutido no preço do produto!


E como eu devo fazer os meus pagamentos?


Como você pode aprender acima, o lojista tem uma margem que pode ser ofertada: se houver desconto para a compra à vista, esta será sempre a melhor opção para você, desde que tenha recursos suficientes.


Se o preço à vista for o mesmo para o pagamento em débito ou crédito, a opção de crédito será sempre a melhor porque você ganha um prazo para fazer o pagamento e pode manter o seu dinheiro aplicado rendendo juros! Se o lojista ainda parcelar a compra, será ainda melhor.


Mas lembre o cartão de crédito deve ser usado com parcimônia e com controle para que nunca você tenha o risco de atrasar ou não ter como pagar uma fatura!


Por isto é sempre importante utilizar um sistema de gestão financeira que possa te ajudar a controlar seus cartões de crédito: www.nextfinance.com.br



Gostou do conteúdo? Veja mais em nosso Blog.


102 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page