• Rodrigo Paiva

Renda fixa: CDB destrinchado!


A partir desta edição da [2a.INVEST] vamos detalhar os investimentos, começando pela renda fixa e gerar um cartão como o da figura abaixo para que você possa investir com segurança.



Emissor


O primeiro item no cartão indica quem emite o título. CDB significa Certificado de Depósito Bancário. É um título privado de renda fixa, emitido por bancos.


Em outras palavras, o CDB é uma forma dos bancos captarem recursos através de empréstimos para financiar suas atividades. Nesse caso, quem está emprestando dinheiro ao banco é você, o investidor.


Basicamente, ao comprar o título emitido, você concede um empréstimo ao emissor e, em troca, recebe o valor com juros ao final do período determinado. É assim que funciona no caso da grande maioria dos títulos de renda fixa.


Normalmente, os CDBs emitidos por bancos de porte menor tendem a oferecer maiores taxas de rentabilidade. Da mesma forma, os títulos com prazo de vencimento mais longo têm melhor rendimento. Por isso, é muito importante pesquisar e entender qual investimento é o melhor para você. Os bancos tendem a facilitar o investimento em CDB's pois é uma forma barata de captação de recursos.



Imposto de Renda (IR)


Ao investir em CDB's você deve se lembrar que o imposto de renda será devido de acordo com o prazo que o recurso ficar investido. Pela tabela abaixo descobrimos que é preciso deixar o recurso investido por pelo menos dois anos para pagar a menor alíquota de 15%. Com menos de 6 meses, quase 1/4 do rendimento obtido vai para o Governo!